domingo, 4 de setembro de 2011

O que faz sucesso na Internet?

Estava aqui no meu quarto assistindo a uns vídeos e lendo alguns blogs que acompanho, quando me veio uma pergunta na cabeça: o que mais faz sucesso na internet? Refletindo sobre o assunto, cheguei a algumas conclusões.

Primeiramente, o que mais faz sucesso na internet é a diversão e o humor, nas suas mais variadas formas: piadas, sarcasmos, pegadinhas, bizarrices, programas, jogos e vídeos divertidos. Dentro disso, entram as redes sociais, nas quais os indivíduos podem interagir com outros e compartilhar aquilo que eles consideram ‘legal’, ‘interessante’, ‘divertido’. Quem nunca viu um vídeo do YouTube que achou bacana e foi postá-lo no Facebook, Twitter ou enviar para algum amigo via MSN?

video  

video


Além do humor e da diversão, muitas pessoas utilizam a internet para participar de causas sociais ou para, simplesmente, falar mal de algo ou alguém. Assuntos polêmicos também chamam bastante a atenção. É possível, até aqui, dar alguns exemplos bem conhecidos, como as figuras e Felipe Neto e PC Siqueira que fazem sucesso com seus vlogs, atraindo milhares de seguidores.

Há também os vídeos, blogs e sites que ensinam algo útil aos internautas, com tutoriais sobre como fazer determinada coisa, matérias informativas e curiosidades. Falam sobre saúde, dieta, beleza, jogos, filmes, programas gráficos – como photoshop, corel draw etc. – e tantos outros assuntos.


video

video

Há quem use muito a internet, ainda, para fazer pesquisas para o colégio ou a faculdade e para se atualizar, e entram em cena os programas de busca, como o amigo Google, as enciclopédias virtuais, como o Wikipedia e diversos blogs e sites de notícias.

Seja lá o que faz mais ou menos sucesso na internet, uma coisa é certa: hoje em dia, o que predomina é a tal Calda Longa. A internet dá abertura a uma maior segmentação de assuntos e interesses. Não é como a televisão e o rádio, que buscam atingir a maioria, a massa, o senso comum. O meio virtual atinge públicos variados e cada vez mais específicos. São novos nichos de mercado e a oportunidade de pessoas comuns se destacarem por seu universo particular.

A contemporaneidade trouxe para os seres humanos a solidão, junto à correria do dia a dia, à violência urbana e ao excesso de informações e tarefas. E hoje, o que se vê muito no meio virtual é uma necessidade de fazer aquilo que antes se fazia pessoalmente: compartilhar sentimentos, pensamentos, pontos de vista, experiências. Há a necessidade de interagir com outras pessoas, buscando afinidades e interesses comuns, alguém que pense parecido mesmo do outro lado do mundo e que, de alguma forma, não faça esse indivíduo moderno se sentir sozinho.

Patrícia S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário